APRA homenageia o Tocantins pelo Dia de sua Autonomia

18/03/2024 18/03/2024 17:49 106 visualizações

Hoje é um dia histórico para o Tocantins, pois foi nessa data que, no ano de 1809, Dom João dividiu a província de Goiás nas comarcas administrativas de Goiás e do Norte. Lembrando dos movimentos para criação do Tocantins.

A assinatura do Alvará de Instalação da Comarca de São João das Duas Barras, depois chamado de Comarca da Palma, atual município de Paranã, a 304 Km de Palmas, marcou o início do processo que culminou com a criação do Estado do Tocantins.

A decadência da extração de ouro levou a região ao abandono. O desembargador Joaquim Theotônio Segurado se tornou ouvidor da Comarca do Norte e, em 1821, surgem os movimentos separatistas. Somente na Constituição de 1988, o Estado do Tocantins foi criado.

A proposta separatista foi apresentada e aprovada no Congresso Nacional por duas vezes, mas os presidentes João Figueiredo e seu sucessor José Sarney a vetaram.

O ano era 1987. As lideranças souberam aproveitar o momento oportuno para mobilizar a população em torno de um projeto de existência quase secular e pelo qual lutaram muitas gerações: a autonomia política do norte goiano, já batizado Tocantins.

A Conorte apresentou à Assembléia Constituinte uma emenda popular com cerca de 80 mil assinaturas como reforço à proposta de criação do Estado. Foi criada a União Tocantinense, organização supra-partidária com o objetivo de conscientização política em toda a região norte para lutar pelo Tocantins, também, através de emenda popular. 

Com objetivo similar, nasceu o Comitê Pró-Criação do Estado do Tocantins, que conquistou importantes adesões para a causa separatista. "O povo nortense quer o Estado do Tocantins. E o povo é o juiz supremo. Não há como contesta-lo", reconhecia o governador de Goiás na época, Henrique Santillo.

Em junho, o deputado federal Siqueira Campos, relator da Subcomissão dos Estados da Assembléia Nacional Constituinte, redige e entrega ao presidente da Assembléia, o deputado Ulisses Guimarães, a fusão de emendas criando o Estado do Tocantins que foi votada e aprovada no mesmo dia.

Então, o que era sonho se tornou realidade e uma realidade incrível para todos que já habitavam o Tocantins, antes mesmo de ser, e para aqueles que o escolheram para construir suas vidas.

Viva o Tocantins!

 

ST PM Claylson Carneiro Xavier

Diretor Presidente da APRA-TO