Presidente da APRA-TO comparece na Chamada Geral que tratou sobre as promoções para os militares

11/04/2019 11/04/2019 15:17 170 visualizações

Na manhã desta quinta-feira (11) o presidente da Associação dos Praças Militares do Estado do Tocantins (APRA-TO), João Victor Moreira, compareceu na Chamada Geral, onde o Comandante Geral da PMTO, Coronel Jaizon, falou sobre as tão sonhadas promoções previstas para o próximo 21 de abril, de acordo com a recém aprovada PEC dos militares (02/2019), as quais são aguardadas pela tropa desde 2016.

Na ocasião, o Comandante Geral falou sobre a reunião com o governador Mauro Carlesse, realizada na última segunda-feira, da qual também participaram o Comandante Geral do CBMTO e outras autoridades. Segundo o Coronel Jaizon, durante a reunião o governador exaltou o papel dos militares do estado do Tocantins e manifestou o desejo imenso de promover os policiais e bombeiros militares, pontuando, porém, alguns aspectos em lei de responsabilidade fiscal e Mesmo diante do cenário econômico, o governador sinalizou disposição em promover os militares que têm o direito, mas com implemento financeiro para acontecer em janeiro de 2020.

Durante a chamada geral o Comandante da PMTO, coronel Jaizon, se dirigiu à tropa e falou que tem se empenhado ao máximo para que as promoções ocorram, pois se tratam de promoções justas e muito merecidas. Coronel Jaizon acrescentou ainda que todo o Comando Geral deseja que as promoções aconteçam, pois estas trazem motivação e reconhecimento aos valorosos militares que estão dia-e-noite protegendo a sociedade.

Após a fala do Comandante Geral foi aberto espaço para que a tropa falasse. Muitos militares pontuaram algumas demandas, mas uma fala em particular chamou a atenção e tirou aplausos dos presentes: o Subtenente Wilson Neia Pereira dos Santos disse que “o importante é que o governador promova a tropa.”. A aprovação dos presentes para que ocorra as promoções e os passivos sejam negociados foi unânime.

O presidente da APRA-TO, João Victor Moreira, lembra que os presidentes das entidades militares ainda terão reunião com o deputado Olyntho Neto amanhã, sexta-feira (12), para que os passivos das promoções e outros direitos dos militares sejam negociados da melhor forma possível.